13 de dezembro de 2015

Clone Seu

As vezes da vontade de largar tudo
De fugir do mundo 
Andar sem rumo na rua
Observar a lua

Se eu pudesse criar um clone seu
Para andar sempre ao lado meu
Seríamos um par perfeito de loucos 
Aventureiros ambulantes, gritaríamos até ficar roucos

Seríamos livres e desempedidos 
Desvendaríamos juntos todos os perigos
Colecionaríamos risos de alegria 
Nos amaríamos em perfeita sintonia

Você é o dó e eu sou o ré
Você é o sol que me faz ficar de pé
Nós dois formariamos uma bela melodia
Enfeitaríamos o mundo com a nossa ousadia

Uma lua minguante
Outra lua crescente 
Duas metades, jeitos diferentes 
Iluminaríamos o céu com nosso brilho amortecente

Dançaríamos ao som do amor 
Enfrentaríamos qualquer sentimento desafiador 
Ai se eu pudesse ter um clone seu
Para me amar e andar sempre ao lado meu