4 de dezembro de 2015

Naufrágio

Procurando teus olhos na multidão 
Até que em fim os encontrei 
Sou capaz de reconhecê-los de longe
Eu te vejo, você me vê 
Eu te escrevo, mas você não me lê
Estou cansada das velhas palavras 
Usadas para escrever sobre você 
Quem é que vai ler tanto sobre uma pessoa só?
Mas é a única maneira de trazê-lo para perto
Construí sentimentos entre nós
Eles eram como um barco 
Agora me diga, por que ele está naufragando?
Eu construí este barco para ele naufragar?
Ele esta ligeiramente se afundando 
Um mar de rosas secas 
Estou enchendo-lhe com lágrimas de espinhos 
Um barco naufragado em rosas de espinhos 
Era a única coisa que te traria para perto 
Mas parece que eu construí este barco para ele naufragar