9 de janeiro de 2016

Um outro alguém

Sinto falta
A falta me sente
Aparente alegria que salta
O sorriso que mente

Tenho saudade 
A saudade me tem
Nesta imensa cidade
Em mente você me vem

Plantei um amor
Mas esse amor não florescia 
Porque amor não nasce de flor
E dentro de mim o vazio crescia

Tenho você na memória 
Mas sua memória não me tem
Porque sua memória guarda história 
E guarda também um outro alguém